segunda-feira, 27 de junho de 2011


lipefontes:
Amigo é aquele que sabe todos seus defeitos, mais mesmo assim o ama.

domingo, 26 de junho de 2011

Lembre-se

Se você está triste porque perdeu seu amor,
Lembre-se daquele que não teve um amor para perder.
Se você se decepcionou com alguma coisa,
Lembre-se daquele cujo nascimento já foi uma decpção.
Se você está cansada de trabalhar,
lembre-se daquele que, angustiado, perdeu um emprego.
se você reclama de uma comida mal feita,
Lembre-se daquele que morre faminto,sem um pedaço de pão.
Se um sonho seu foi desfeito,
Lembre-se daquele que vive um pesadelo comstante.
Se você anda aborrecido,
Lembre-se daquele que espera um sorriso seu.
Se você teve,
Um amor para perder,
Um trabalho para cansar,
Um sonho desfeito,
Uma tristeza para sentir,
Uma comida para reclamar...
Lembre-se de agradecer a deus!
Porque existem muitos
Que dariam tudo para ficar no seu lugar...

autor desconhecido!

domingo, 12 de junho de 2011

É muito fácil ser a favor do aborto depois que você nasceu.

Se você também é contra o aborto, reblog.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Sabe qual é o meu problema?


É acreditar sempre nas pessoas, é não saber dizer não quando é preciso. É sempre perdoar as pessoas que me machucam. É sorrir quando estou triste por dentro, é chorar por pessoas que não merecem e amar quem não merecia ser amado. É sempre dar uma segunda chance, para alguém que não merecia nem a primeira.
 É tentar ser a melhor pessoa do mundo, é tentar ajudar a todos ao mesmo tempo, e esquecer de mim mesmo. Meu problema está nas menores coisas possíveis, mas que sempre me machucam muito, e parece que eu nunca aprendo.

sábado, 4 de junho de 2011

As vezes acho que eu ainda.


 sou uma menininha. As vezes acho que não estou preparada pra vida.
 As vezes acho que não tenho certeza do que eu quero.
As vezes não sei se vou ou se espero.
Ainda presciso de proteção. Ainda presciso de carinho.
Eu espero o momento certo. Eu faço tudo no momento errado.
Eu faço tudo, eu não faço nada.
É dificil caminhar com as pernas amarradas.
É dificil viver embrama-da;
:]